EMPREGOS NO JAPÃO
(11)99548-3878

Emprego no Japão

Em meio a uma taxa de desemprego que ronda a casa dos 12% no Brasil, e sem a perspectiva de erradicação desta crise em curto prazo, muitos dos que compõem a sociedade brasileira sentem-se desamparados, sem alternativas e esgotados na busca por uma recolocação no mercado de trabalho. Contudo, uma parcela dos cidadãos desempregados, já sem esperança de uma oportunidade profissional em nosso país de origem, acaba recorrendo a uma saída que tornou-se corriqueira: a vida no exterior. De acordo com os dados da Receita Federal, a quantidade de declarações definitivas de saída do país que passaram pelos aeroportos em 2018 foi de 22455, fato que evidencia a propensão dos brasileiros inseridos na sociedade moderna de mudarem-se de acordo com a demanda de emprego existente no local em que vive. Esta preferência não era vista com a mesma afluência no início da década atual, por exemplo, tendo em vista um deslocamento de apenas 8170 pessoas em 2011 para viverem em outros países. Porém, com a manifestação da crise econômica no Brasil, a partir de 2014 a incidência de saídas definitivas foi acentuada e, mesmo com o término da recessão em 2016, a contagem da movimentação de pessoas com destino ao exterior buscando um reposicionamento no mercado de trabalho seguiu em progressão. Embora o processo migratório seja dificultoso, envolvendo muita burocracia e adaptação a diversas questões características do país, a maioria destas nações adotam mecanismos para estimular a vinda de mão de obra estrangeira, assegurando ocupação profissional aos indivíduos e fomentando a disseminação em vários países dos programas idealizados. E o Japão, país que detém uma grande quantidade de descendentes no Brasil, costuma ser um dos destinos preferidos. Segundo índice do Ministério do Trabalho no Japão, o número de brasileiros que trabalham no país é de 106597, só perdendo para o aglomerado chinês, filipino e vietnamita. O fator determinante para o deslocamento efetivo ao país asiático é a taxa reduzida de desemprego atrelada a população envelhecida, contexto este que salienta a necessidade do Japão por mão de obra. As oportunidades de emprego que contemplam a demanda trabalhista japonesa resumem-se em, quase sempre, trabalhos operacionais e braçais. Dentre as áreas necessitadas, citamos a indústria manufatureira, automotiva e eletrônica; a demanda por serviços domésticos; a mão de obra agrícola e na construção civil. Embora Tóquio seja a província do Japão que mais detém mão de obra estrangeira, são outras cidades centralizam as maiores comunidades brasileira na Terra do Sol Nascente. Dentre as quais, elencamos Aichi, Shizuoka, Mie, Gifu, Gunma, Kanagawa, Saitama, Shiga e Nagano. Em relação ao custo de vida, o país dispõe de uma remuneração mínima mais que três vezes superior a do Brasil, aspecto este que impulsiona o poder de compra e serve de atrativo para estrangeiros a procura de uma qualidade de vida plausível. Levando-se em conta que, um brasileiro migra ao Japão para trabalhar e chega lá quase sempre recebendo um salário mínimo, e a média de Ienes por hora trabalhada é de ¥850, em uma jornada de 8 horas por dia e 22 dias por mês, o valor da remuneração mínima no país asiático é de 4200 reais. Entretanto, somente os descendentes e cônjuges de japoneses podem deslocar-se para o Japão em busca de estabilidade profissional, isso independentemente da sua qualificação. Já em circunstância distinta, estrangeiros não descendentes de japoneses, porém com a prerrogativa de qualificação e nível de instrução avançado, tem a migração para o país asiático como legítima, projeto este implementado pelo governo do Japão com a finalidade de alavancar a mão de obra qualificado da nação nipônica. Portanto, caso você atenda os requisitos de nissei, sansei, yonsei ou qualificação avançada, e ambiciona uma oportunidade profissional e instalação efetiva no país asiático, cabe a você tratar sobre o visto, passagens aéreas, documentação da empresa contratante, e outros documentos relacionados à imigração para, enfim, embarcar ao Japão visando desfrutar de novas experiências de vida e notoriedade profissional.

Empregos no Japão

Vagas de Empregos no Japão nas melhores empresas de componentes eletrônicos, auto-peças, alimentos.

Agência de Turismo

Quer viajar para o Japão a turismo sem dor de cabeça e com a passagem mais em conta?

Documentos para Visto

Verificamos sua documentação para viajar ao Japão, com visto de turista ou de trabalho.

Empregos no Japão

Conheça o Japão antes de ir em busca de Emprego no Japão em nosso site. O Japão (em japonês: 日本 – Nihon) é um conjunto de ilhas da Ásia Oriental. Localizado no Oceano Pacífico, a leste do Mar do Japão, da República Popular da China, da Coreia do Norte, da Coreia do Sul e da Rússia, se estendendo do Mar no norte, ao Mar da China Oriental e Taiwan, ao sul. Os caracteres que compõem seu nome significam “Origem do Sol”, razão pela qual o Japão é às vezes identificado como a “Terra do Sol Nascente”. Com o início da imigração japonesa em 1908, o Brasil acabou se tornando o maior país a exportar mão-de-obra de descendentes de japoneses, com cerca de 230 mil brasileiros morando no Japão. Se busca por empregos no japão, fale com a Michelle.

Empregos no Japão

Empregos no Japão

Temos mais de 2 mil vagas de emprego

Visto de Turismo e Trabalho

Visto de Turismo e Trabalho

Mais de 1500 vistos por ano

Currículo e Documentos

Currículo e Documentos

Verifique documentos e cadastre-se!

Agência de Empregos no Japão

Agência de Empregos no Japão Liberdade 2019 - Como conseguir Emprego no Japão nas melhores empresas do Japão.

  • Para 2019 e 2020

    Vagas para Homens

    Trabalhe no Japão com muitas horas extras. Idade de 18 a 60 anos.

  • Dezenas de Vagas

    Vagas para mulheres

    Temos centenas de vagas para mulheres com hora extra e salário compatível ao dos homens.

  • Vagas para Famílias inteiras

    Empregos para família

    Temos vagas de empregos no Japão para descendentes com família, apartamento e escola.

  • Aproveitem as Vagas

    Empregos no Japão até 2022

    (11)99548-3878

Empregos no Japão para descendentes

Antes de mais nada, vamos explicar como funciona a vida no Japão para pessoas que querem Empregos no Japão. O Emprego no Japão é apenas para descendentes ou casados com descendentes, sendo assim, sem estes argumentos, fica difícil viajar a trabalho. E é necessário ter toda documentação de parentesco com os avós para se tirar o visto. Passando estas etapas, é só escolher a vaga de emprego e embarcar. No Japão, a situação é outra. Trabalho árduo quase que diário e com muita hora extra e pouco descanso. Nada de moleza e nem corpo mole. Você terá que trabalhar muito. Mas por outro lado, sempre terá dinheiro na mão, e toda a segurança de um país de primeiro mundo. É só você se esforçar. Ganbate!

Site de Empregos no Japão

Site de Empregos no Japão - Clique no ícone de Contato ou Whatsapp e fale conosco sobre empregos no Japão.

Empregos no Japão
Enviar via WhatsApp